SOBRE NÓS

O ACMM é o Arquivo histórico da Arquidiocese de Maceió. Como instituição de guarda documental preserva e disponibiliza para consulta as fontes históricas eclesiásticas produzidas pela Arquidiocese de Maceió.

LOCALIZAÇÃO

(82) 3223-8107

Av. Dom Antônio Brandão, nº 559

Farol, Maceió, Alagoas, Brasil

Caixa Postal 91, cep: 57051-190

 

arquivodacuriamaceio@gmail.com

CONECTE-SE
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2019 por Arquivo da Cúria Metropolitana de Maceió

Alagoas Histórica Digital: preservação, digitalização e difusão da documentação histórica do Arquivo da Cúria Metropolitana de Maceió.

 

Início: 2013

Nova etapa: 2015

 

O projeto Alagoas Histórica Digital, em parceria com o CPDHis - Centro de Pesquisa e Documentação Histórica tem por objetivo geral a preservação, digitalização e difusão do acervo histórico eclesiástico de Alagoas, presente no Arquivo da Arquidiocese de Maceió. A metodologia utilizada será a articulação interdisciplinar de conhecimentos históricos, da ciência da computação e biblioteconomia para a organização e tratamento da documentação, construção de instrumentos de pesquisa, digitalização e indexação através da criação de sistema para a gestão digital das fontes históricas e sua difusão. Além disso, privilegiar-se-á a escrita de artigos científicos das diferentes áreas para difusão cultural do acervo, e das metodologias utilizadas, como também para o incentivo ao fortalecimento de uma historiografia local sobre as temáticas de história de Alagoas, do Brasil e das Religiões. O acervo compõe-se de uma variedade de tipologias de fontes. Está dividido entre fundos, por exemplo, os de Chancelaria e Administração Eclesiástica (cartas, ofícios, circulares, processos, administração paroquial etc.), Paróquias, (Manuscritos e livros de tombo, Visitações, Compromissos de Irmandades, Livros de Batismo, Casamentos e Óbitos, c.1793-1980), Hemeroteca (Jornal O Semeador e boletins diversos, c.1913-2010), Biblioteca de obras raras (livros, revistas e periódicos, c.1890-1990), Pastorais e movimentos sociais leigos (relatórios, planejamentos, atas de reuniões e encontros etc, c.1960-2000), etc. Tal documentação abrange espacialmente toda a diocese de Maceió, capital e as cidades do interior sob sua tutela. Temporalmente, vai-se do final do período colonial (1793), passando pelo Império e a República (c.2006). A importância deste acervo justifica-se na sua variedade e diversidade de assuntos e registros das mudanças sociais, econômicas, políticas e religiosas pelas quais passaram a cidade e o Estado no período indicado. Quer-se, por fim, contribuir para a universalização do conhecimento, o desenvolvimento de habilidades e técnicas específicas nas áreas aqui interligadas, e para o incentivo e inovação de tecnologias que poderão contribuir para melhorias sociais e culturais no Estado.

 

Equipe original:

Irinéia Maria Franco dos Santos (História - UFAL; coord.)

Antonio Filipe Pereira Caetano (História - UFAL; coord.)

Alan Pedro da Silva (Instituto de Computação - UFAL; coord.)

Ig Ibert Bittencourt (Instituto de Computação - UFAL; coord.)

Camila Freitas (Graduanda História - UFAL)

Jayro José Tenório (Graduando História - UFAL)

Núbia Mota (Graduanda História - UFAL)

Rafael Dias (Graduando História - UFAL)

Ruth Maria (Graduanda Ciências da Computação - UFAL)

Hugo Alex (Graduando Arquitetura - UFAL)

Altina Rodrigues (Graduanda História - UFAL; colaboradora)

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now